Um descontraído bate-papo com a querida autora Marília G. Barbosa


Hoje é dia de entrevista aqui no Portal Marcas Literárias e, como prometido há algumas semanas, quem estará na nossa poltrona virtual dessa vez é a talentosíssima autora Marília G. Barbosa que escreveu o livro 'Selene e o Dragão - A Última Lua Azul', resenhado aqui no site há alguns dias (clique aqui para ler a resenha do livro). Marília Barbosa é uma das autoras do núcleo da Editora PenDragon, casa editorial cujo eu, particularmente, admiro demais. A Marília é uma das autoras que estará na XVIII Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro no dia 9 de setembro às 16 horas no estande PenDragon, participação esta, muito mais que merecida e aguardada pelos fãs da própria autora e de seus marcantes personagens, Selene e Drake.

Nessa entrevista, vamos conhecer um pouquinho mais da Mari; o início de sua jornada, suas inspirações, as novidades e até seus gostos fora do mundo literário. Vale lembrar que tá rolando um sorteio do seu livro na página do portal no Face que se encerrará no dia 28/8. Lá no final da entrevista é só clicar na imagem do sorteio e concorrer. Já desejamos boa sorte aos participantes!

Então, vamos nessa!

Olá querida Marília Barbosa, tudo bem? Sou o Leo, administrador do portal. É uma enorme satisfação recebê-la aqui no Marcas para iniciarmos uma entrevista bem especial. Fique à vontade e seja muito bem-vinda.

Muito obrigada por essa oportunidade, a satisfação é toda minha! :D

Bom, para começarmos, que tal nos dizer um pouquinho mais sobre você? Afinal, quem é Marília no meio literário e quem é Marília no meio pessoal? E seus hobbies, quais são?

No meio literário, sou só uma autora que acabou de entrar no mercado e conseguiu uma editora muito boa apesar de ainda pequena. No meio pessoal, eu sou aquela garota tímida e introvertida que geralmente fica olhando as pessoas conversarem sem conseguir dizer muita coisa e que por isso prefere evitar grupos grandes. Quanto aos Hobbies, são basicamente, escrever, desenhar, ler, ver TV, brincar com as cachorrinhas, essas coisas...

Quando você se deu conta do grande talento que tem para escrever e como foi a sua reação ao notar que tinha escrito a sua primeira história?

Estou lisonjeada, obrigada! Mas na verdade, eu nunca notei isso, eu ainda sinto que tenho muito a melhorar, estudo técnicas e pratico bastante pra poder estar sempre aprimorando a minha escrita! E é sempre um sentimento de conquista e vitória incrível terminar um livro! Amo a sensação de “dever cumprido”!

Quando iniciei a leitura do livro 'Selene e o Dragão' me deparei com uma escrita agradável e uma narrativa que abraça o leitor de maneira rápida, além de personagens bem aprofundados e cheios de conteúdo. Qual o grande segredo de conseguir consolidar tão bem esse conjunto de características e realmente arrasar com um enredo tão qualificado?

Uau! Quantos elogios, acho que desmaiei aqui por um minuto! Hehehe. Brincadeira, mas fico muito feliz que tenha gostado tanto!  E, na verdade, o que eu faço é o possível para me qualificar ao máximo. Estudo técnicas de escrita, de criação de personagens e de mundos, busco referências, analiso os livros que leio para ver o que funciona ou não, e procuro fazer o leitor sentir várias coisas. Sei que ainda sou apenas uma autora iniciante, mas esperei estar mais qualificada para entrar no mercado, escrevo há anos e aprendi bastante Sei que tem muita gente que apenas quer publicar um livro (e não há problema algum nisso), mas eu quero mesmo é ser uma escritora e criar obras que deixem alguma coisa de importante pra cada leitor, por isso, acabo sendo muito exigente comigo mesma e com o meu trabalho.

Esse laço forte com a fantasia te acompanha desde cedo? O que o gênero significa para você? Se arriscaria escrever algo que não tivesse contornos firmados na fantasia?

Sim! Gosto de fantasia tipo desde sempre! Hehehe. Pra mim, é um gênero incrível que me permite criar mundos diferentes em que eu posso criar as regras que eu quiser, é ótimo para a imaginação! Quanto a outros gêneros, a resposta é COM CERTEZA! Já publiquei um romance na Amazon e tenho vários projetos de diversos gêneros literários diferentes, como fantasia steampunk, fantasia contemporânea, outros romances, distopia e até ficção científica! Só que acho que preciso pesquisar mais nesses gêneros para conseguir escrever neles... (acho que só não conseguiria escrever terror...)

Falando sobre o nosso cenário da literatura nacional, qual a sua visão sobre a atualidade levando em consideração o surgimento, a relação e o trabalho de editoras, autores e leitores?

Acho que o Brasil, infelizmente, ainda sofre bastante no âmbito literário, temos poucos leitores (em comparação com países desenvolvidos, vi matérias sobre o assunto, mas já faz um tempo), no entanto, vejo que estamos, aos poucos, criando mais leitores e os canais e blogs literários estão tendo um papel importante nesse incentivo (ao meu ver). Porém, sinto que as editoras não aproveitam muito ou não vêm todo o potencial que os brasileiros possuem (claro que não são todas), mas algumas cobram muito caro e às vezes nem possuem seleção direito, publicando obras que não têm muita qualidade, outras nem abrem seleção para manuscritos nacionais ou não valorizam os autores nacionais que possuem. Só espero que isso mude logo, e creio que o processo de mudança já começou, pois estamos tendo autores nacionais começando a serem reconhecidos no mercado.

Como é fazer parte do grupo de dragões da Editora PenDragon? Qual o grande diferencial dessa casa editorial que vem acolhendo novos talentos nacionais e agraciando os leitores com belíssimas histórias?

É muito bom! A editora realmente acolhe os autores, é bem transparente e permite que o autor participe do processo de publicação. O diferencial dela são as pessoas, muita gente na editora está sempre procurando ajudar os outros, pessoas assim fazem toda a diferença! Mas claro, tudo tem seu lado negativo, a editora ainda é pequena e, portanto, não tem tantos recursos nem o alcance de uma editora grande. Mesmo assim, acredito que a PenDragon tem pessoas engajadas e potencial para crescer bastante!

Quantos minutos ou horas você reserva para escrever? Costuma ter o famoso e tão temido 'bloqueio na escrita' ou geralmente dribla esse contratempo?

Eu não reservo minutos do dia para escrever, estou sempre pensando nas histórias e quando posso (geralmente a noite), sento e escrevo pelo tempo que consigo, mas procuro manter o mínimo de 1000 palavras por dia. E acredito que todo o escritor que diz que nunca teve um bloqueio, ou está mentindo ou ainda vai ter um. Para mim, bloqueios podem surgir por diferentes razões, seja por criação, de não estar conseguindo criar uma cena, por exemplo, ou bloqueio de escrita mesmo. Recentemente, passei por um bloqueio em que não conseguia escrever (ou até mesmo ler) quase nada por vários meses, e isso foi porque eu estava passando por um momento pessoal complicado e, portanto, isso afetou a minha parte criativa como um todo, pois não conseguia me conectar com história alguma.

Qual de seus personagens (já publicados ou não) carrega um pouquinho mais de você?

Acho que todos eles (em especial os protagonistas), carregam um pouquinho de mim, seja de forma consciente ou não, só que partes diferentes, pois procuro deixá-los bem diversificados.

Quais são suas inspirações? Qual o livro preferido?

Tenho inspiração de tudo quanto é canto! De livros, filmes, séries, conversas, até mesmo de aulas (como de canto coral). Mas não consigo escolher um favorito, gosto muito de vários...

Qual o seu maior sonho no mundo literário e como é a sua relação com blogueiros e seus leitores?

Como mencionei anteriormente, meu sonho é ser escritora e seria ótimo viver dessa profissão, escrevendo todos os dias! Trato a escrita como um trabalho, mesmo, e a sério; amo escrever histórias e criar personagens, não consigo me imaginar sem fazer isso! E considero a minha relação com blogueiros e leitores muito boa, tive sorte de conhecer ótimas pessoas! :D

Nos fale um pouquinho sobre 'Selene e o Dragão' e sobre a sua continuação. Quais são as novidades da autora?

O livro publicado na verdade foi uma segunda versão. A primeira foi escrita em 2010 (depois de ser inspirada por um dos meus filmes preferidos, Como Treinar o Seu Dragão), essa versão era muito amadora e era narrada apenas pela Selene, mas senti que precisávamos da visão do Drake também, então, em 2016, depois de melhorar bastante, reescrevi o livro. No momento, estou terminando o livro 2 da trilogia A última Lua Azul, mas ainda não consegui colocar um título para ele... Espero termina-lo antes da Bienal!

Fiquei sabendo que você estará na Bienal Internacional do Livro aqui no Rio em setembro. Quais as suas expectativas para este grande evento literário reconhecido mundialmente?

Nervosismo e ansiedade já me definem em situações normais, agora, faltando menos de um mês para a Bienal, estou enlouquecendo! Hehehe. Eu só espero não ficar sozinha lá, afinal, ainda sou uma autora desconhecida...

Momento ''Spoiler": Qual seu trecho preferido do livro 'Selene e o Dragão'? Fale um pouquinho sobre esse instante escolhido.

Que pergunta difícil! Gosto de tantas! Mas a primeira que me veio a mente foi a cena do primeiro beijo, que foi super fofa e tensa ao mesmo tempo e que é uma cena de grandes mudanças para os personagens!

Para finalizar, vamos com o quadro ''Na Lata'', onde você responde de forma curta e objetiva as minhas citações:

Um(a) personagem: Gosto de muitos para escolher um...
Um(a) autor(a) para escrever em parceria: Carina Rissi
Heróis ou vilões? Histórias não tem graça sem os dois.
Família: Mãe, Pai, Irmãs e duas cachorrinhas lindas!
Deus: Bondade, gentileza, amor.
Brasil: Precisa de mais Ordem e Progresso
Uma frase: “Os seus talentos serão reconhecidos e recompensados à altura” – de um biscoito da sorte que me inspirou a melhorar cada vez mais.

Marília, já te considero uma das melhores autoras de fantasia do nosso cenário da literatura e o livro 'Selene e o Dragão' está no meu top 3 dos melhores lidos no ano. Deixe uma mensagem para a galera que começa agora a jornada no mundo da escrita e também para a turma que acompanha o portal.

Nossa, que honra! Muito obrigada, fico super feliz em saber disso! Aos novos escritores, apenas digo que tenham calma. Vejo em grupos de escritores muitos jovens querendo publicar antes de certa idade (geralmente antes dos 18), e sempre procuro dizer para não se preocuparem com isso, pois o que importa é a obra e se ela não estiver pronta, isso será ruim pra reputação deles. Ao pessoal do portal, espero que continuem encontrando ótimas indicações de livros, especialmente os nacionais para que esse setor possa crescer mais ainda!

Foi uma honra ter em nossa cadeira virtual, uma pessoa tão graciosa como você e conhecer um pouquinho mais sobre as suas ideias e trajetória dentro do universo fantástico afim de saber como nasce um verdadeiro talento. Em nome de todos aqui presentes, agradeço a sua participação e desejo sucesso. Muito obrigado mesmo!

Eu que agradeço, Leo! Foi ótima a parceria com o Marcas Literárias e fico muito animada em poder responder uma entrevista tão legal! Muito obrigada pelo carinho e muito sucesso para nós! :D

Participem do sorteio do livro da Marília que está acontecendo na página do Portal no Facebook. É só clicar na imagem.



10 comentários:

  1. Que entrevista maravilhosa. Para mim essa foi a melhor entrevista realizada no blog, dentre tantas entrevistas bacanas essa foi a top. Marília é um amor de pessoa, sua doçura e serenidade transmitem um sentimento de paz indescritível, desejo muito sucesso à ela como escritora. Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vlw Luciano, que bom que tenha saído tão top assim. Concordo contigo, Marília é simplesmente um amor de pessoa. Farei o possível para estar na Bienal e prestigia-la.

      Abraços.

      Excluir
    2. Muito obrigada pelos elogios, Luciano! Estou encantada com a sua gentileza! :D
      E Leo, espero poder te conhecer na Bienal!^^

      Excluir
  2. Uau!! Muito boa a entrevista. A autora cativou com sua tranquilidade ao responder as perguntas posta. Sem contar que para uma entrevista sair assim é essencial que o entrevistador utilize o espaço de forma agradável deixando a convidada à vontade, no entanto isso é algo peculiar do Marcas, deixando a todos se sentirem em casa. Quando lemos uma entrevista de um autor ou uma autora já aguça a vontade em lê-los. Uns por curiosidade outros por que de um certo modo cativas mesmo, e a Marília me cativou.
    Sucessos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Geane, a Marília é muito querida mesmo.

      Bjs

      Excluir
    2. Muito obrigada pelos comentários positivos, Geane! Fico feliz em saber que a entrevista te cativou! E você tem razão, o pessoal do Marcas é realmente convidativo e acolhem os autores parceiros com muito carinho! :D

      Excluir
  3. Sempre bom conhecer os livros de autores brasileiros e é melhor ainda conhecer o autor por trás.
    Eu sou do tipo que adora ver a foto do autor, ler a bio dele e me aprofundar um pouco mais.
    Vejo muitos autores falarem como ela, que são tímidos e introvertidos. Acho que meu caso eu nasci ao contrário, hahaha.
    Sabe que eu achei ela parecida com a menina da capa?
    :P
    Adorei conhecer um pouco mais e vou participar do sorteio, porque li a resenha que vocês fizeram e achei bem bacana.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teca, minha querida, obrigado pela presença. Fico muito feliz em saber que vocês curtiram a entrevista e que a ideia de apresentar autora e obra foi passada de uma maneira legal.

      Beijos.

      Excluir
    2. Obrigada pela atenção, Teca! Fico feliz que tenha se interessado pela obra e boa sorte no sorteio, espero que possa ler o meu livro em breve! E legal isso de você ter curiosidade de saber sobre o autor, eu não vejo muita gente fazendo isso, mas é algo que estou gostando de fazer mais recentemente! :D

      Excluir
  4. Me faltou coragem para passar aqui antes, ver as resenhas ainda é mais fácil do que ver a entrevista pronta no blog e ver a reação das pessoas, talvez por ser ainda mais pessoal do que a obra é… Mas estou feliz que o pessoal tenha gostado até agora! Novamente, muito obrigada ao Leo e ao Marcas Literárias por essa oportunidade! Foi uma experiência emocionante! :D

    ResponderExcluir

Conheça mais sobre o fundador do Marcas Literárias

LIVROS DO AUTOR LUCIANO OTACIANO EM DESTAQUE

#PapoComAmanda: Especial Halloween

Artigos, crônicas, contos, poesias e destaques